Get Adobe Flash player

Patrocinador


 Powered by Max Banner Ads 

Papiloma de plexo coróide

Os dois tumores primários mais freqüentes do plexo coróide são o Papiloma do plexo coróide e o carcinoma do plexo coróide. Outros tumores, tais como metástases, linfoma, meningioma, ependimoma e sarcoma granulocítico (cloroma), também podem acometer esta estrutura. Muito importante no diagnóstico diferencial são a idade e o sexo do paciente, a localização da massa e a presença ou não de doença de base.

Os Papilomas do plexo coróide são as massas do plexo coróide mais comuns em crianças, principalmente antes dos cinco anos de idade, preferencialmente nos ventrículos laterais (45% a 85% dos casos), usualmente envolvendo o átrio e o trígono, com preferência pelo glomo. A segunda localização mais freqüente é no quarto ventrículo, mais comum em adultos, sendo incomuns no terceiro ventrículo.

Os sintomas das lesões supratentoriais são devidos à hidrocefalia decorrente de uma superprodução de líquor pelo próprio tumor, pela obstrução do fluxo liquórico e/ou pelo déficit de reabsorção (fibrose secundária à hemorragia prévia ou à descamação tumoral).

Os carcinomas do plexo coróide são raros, acometendo principalmente crianças de dois a quatro anos de idade, sendo os ventrículos laterais os mais atingidos. Os sintomas são secundários à hidrocefalia, que é, porém, menos intensa que a dos Papilomas do plexo coróide. Comumente causam déficits neurológicos focais

Os comentários estão encerrados.

Consultoria

Make a Donation Button

Avalie o site

Avalie o site

  • Excelente (96%, 80 Votes)
  • Bom (4%, 3 Votes)
  • Ruim (0%, 0 Votes)
  • Pode melhorar (0%, 0 Votes)
  • No Comments (0%, 0 Votes)

Total Voters: 83

Loading ... Loading ...

+ acessados aqui

RSS CBR